quinta-feira, 1 de abril de 2010

Com a razão da Proteção


De madrugada ele uiva, chora deseperadamente e late sem parar.
É assim que vive um cachorro no fundo de minha casa, acorrentado e abaixo deste sol escaldante de nossa cidade, seu dono "um militarzinho qualquer" deixa-o assim o dia inteiro, e como o muro é muito alto não consigo ver ele, mas sei que esta muito triste com fome e sede.
Ontem vendo uma reportagem na tv sobre um cavalo que foi abandonado e que acabou morrendo, apreceu um dos responsáveis pelos Protetores dos Animais de Santa Maria, falando o que pode ser feito em caso de maus tratos e como entrar em contato.
Logo que acabou a reportagem anotei o número do telefone em um bloco, só que até agora não liguei ainda para denunciar o meu vizinho, sei que é chato fazer estas coisas, quer dizer chato até um certo limite, ou seja, o mru limite já estorou, então vou denunciar sim, sem medo e com razão e também pela justiça com os animais.

Para quem quiser conhecer mais sobre os Protetores: http://www.clubeamigosdosanimais.com.br/

2 comentários:

Anônimo disse...

Poxa, Everton, que coisa! Ligue e denuncie!

Júlia
catherinedejupiter.blogspot.com

Anônimo disse...

Ah, meu blog mudou para www.catherinedejupiter.wordpress.com