quarta-feira, 25 de janeiro de 2012

Desafio dos 30 livros.


O desafio é: escrever sobre 30 livros que de alguma forma me marcou. Então bora.

Dia 01. O livro mais querido de todos os tempos.

Uma difícil tarefa de escolher o mais querido, pensei, pensei, e cheguei a conclusão que o mais querido de todos os tempos é Cartas a Théo. Este livros eu ganhei de aniversário, e na época eu estava fissurado por Van Gogh, estava a lendo de tudo sobre ele, e este livro me veio na hora certa.

O livro reuni todas as cartas que Van Gogh mandava para o seu irmão Théo, no período em que estava vivendo em Paris. É possível notar a cada carta escrita o sentimento de cada dia, na maioria das vezes conturbados.

Eis aqui um trecho do livro:
"Escrevo-lhe um pouco ao acaso o que me vem à pena, ficaria muito contente se de alguma maneira você pudesse ver em mim mais que um vagabundo.
Acaso haverá vagabundos e vagabundos que sejam diferentes? Há quem seja vagabundo por preguiça e fraqueza de caráter, pela indignidade de sua própria natureza: você pode, se achar justo, me tomar por um destes.
"

CARTAS A THÉO, Van Gogh – Tradução de Pierre Ruprecht – L&PM


Um comentário:

VDC disse...

AMEI a diagramação do seu blog!
É bem dark e envolvente!!
Seguindo, viu?
Me segue de volta em sosneurose.blogspot.com?
Voltarei mais vezes!!!
Beijos!!